O que tenho usado no meu cabelo? { Outubro/2016}

Olá honeys
Esse post eu estava devendo há um tempo. Mas tá pago por hora.

Como falei (ou não, depende de quando vou liberar o post) eu mudei a minha tonalidade de ruivo e com isso, precisei mudar também os meus cuidados.

Brilho é algo que eu sinceramente nem me preocupava, mas quando você vai mudando de tintura para uma tonalidade mais clara, você sente que o brilho vai sumindo. Pelo menos eu senti isso.

Então comecei a investir em produtos que não testassem em animais e que dessem um bom resultado.

Apenas um produto da lista é de uma marca que testa, mas estou pesquisando opções que não testem e que deem o mesmo resultado! Em breve espero dar a notícia para vocês que consegui trocar toda a minha gama de produtos por opções veganas e/ou cruelty free. Vamos lá conhecer?

Pls, me digam o que acharam do cenário novo das fotos <3


O shampoo que estou usando é o Equilíbrio Caspa da Acquaflora, custou R$25,00 e está sanando muito da minha caspa. É uma mão na roda enorme. Não vou dizer que resolveu 100% pois estaria mentindo. Mas ele não agride meu cabelo químicamente tratado, limpa bem e tem diminuído a caspa. Para prevenir qualquer dano, eu uso pré shampoo antes (que seria qualquer óleo que você tenha em mente, as vezes uso de oliva, as vezes de rícino).

O condicionador é esse poderoso Elixir também da Acquaflora, rico em óleos. Estou pensando em comprar toda a linha pois ele desmaia meu cabelo e deixa ele bem encorpado. Creio que essa linha se encaixe na etapa de nutrição do cronograma capilar. Não lembro o preço mas não passou de R$30.


As máscaras que mais tenho usado são essas duas da Lola Cosmetics, a Eu Sei O Que Você Fez na Química Passada, que é uma reconstrutora e repositora de massa poderosa (não indico se você não faz química ou se seu cabelo está ok, apenas se ele precisar de um tratamento sério). Ela é pequena e custou R$24,00. Pelo tamanho achei cara, ela está pela metade e já usei umas 4 vezes.

A outra máscara é emprestada da minha mãe, a Milagre. Faz uns anos que fiz a resenha dela, era até numa embalagem antiga quando minha madrasta revendia Lola (eu era feliz e não sabia, ganhava todos os lançamentos sdds). Minha mãe é fã do efeito emoliente e brilho, que essa máscara entrega de sobra aos fios. Como meu cabelo está opaco, tenho investido em usar ela. Outra dica é fazer a hidratação com leite, eu coloco uma quantidade de leite e de milagre (uso quantidade de olho, não sei a proporção, mas tente em casa!) e é uma benção, meu cabelo sai cantando aleluia hahahah. Custou por volta de R$70,00 e vem 1 kg.


Essa máscara é focada no brilho mesmo. Se encaixa na etapa de nutrição. É a Semi di Lino Diamante da Alfaparf (testa em animais). Ela rendeu bem pouco e dá uma sedosidade maravilhosa nos fios. Como eu nunca fui muito chegada a brilho, até tinha esquecido que tinha essa máscara guardada, estava cheinha e voltei a usar. Eu pessoalmente gosto muito mesmo da Alfaparf mas infelizmente ela testa. Essa máscara custou por volta de R$40,00. 


As ampolas que tenho usado são brasileiras e maravilhosas! Cada uma focada num resultado.
Essa da Bioderm, a Semi di Lino saiu de linha, corri na loja e comprei um estoque, custava R$10,00 e rende duas aplicações no meu cabelo. Tem que esfregar até fazer uma espuminha e deixar uns 3 minutos. Ela deixa o cabelo muito hidratado e bem soltinho. Por isso me apaixonei pela Semi di Lino, originalmente famosa pela Alfaparf.

A Super Dose Om Ouro da Yenzah é focada no brilho. Dá um toque muito gostoso nos fios, uso quando meu cabelo está meio áspero. Ela rende bastante, usei 2 vezes essa ampola e acho que ela rende mais duas aplicações, tem 15ml. Ela custou R$15,00.


Pra finalizar o cabelo (e o post) uso esse protetor térmico maravilhoso da Acquaflora Pós Progressiva. Além de ter um cheiro característico meu (meu cabelo sempre tem esse cheiro pois uso sempre), eu indico forte pra quem tem os fios finos e que qualquer produtinho a mais pesa. Tem uma textura super leve e não pesa na raiz, nem deixa o cabelo oleoso. Além de dar uma emoliencia e um brilho a mais no cabelo finalizado com chapinha ( o efeito só com escova não é tão forte, no rótulo recomenda-se finalizar com chapinha). Como estou a meses sem fazer progressiva, eu preciso finalizar com chapinha, meu cabelo não segura apenas com escova, e o tempo tem sido úmido aqui no RJ, fora que suo muito e etc, ou seja, tudo contribui pra eu acabar usando a chapa.

Espero ter ajudado vocês a conhecerem novos produtos. Tanto a Acquaflora, Yenzah, Lola e Bioderm são marcas brasileiras e que não testam em animais. Apenas a Alfaparf testa e é internacional.


Até breve :D

Share This Article:

Postar um comentário