18 de set de 2017

Cortes para ruivas de cabelo curto!

Como mostrei em um post anterior, esse, eu cortei meu cabelo bem curto. Mas ainda não mostrei a vocês pois ainda não defini o corte que eu quero para mim, só passei a tesoura cortando a parte ressequida.
Para me inspirar e inspirar vocês, fiquei um tempo no pinterest e instagram procurando modelos de corte que eu gostaria. 

Reprodução: Hair By Andrea

Reprodução: Pinterest

Reprodução: Pinterest


Reprodução: Pinterest

Reprodução: Pinterest

Reprodução: Pinterest


Instagram: @nothingbutpixies


Reprodução: Pinterest

Instagram: @cresposte
Instagram: @kelseynicholson_



Kelly Ousbourne

Instagram: @ingaterala

Instagram: @torrytough
Espero que tenham gostado das sugestões <3

Caso uma dessas fotos seja sua e você queira que eu retire, manda um email para serendipitylaw@gmail.com
If one of these photos is yours and you want me to remove it, send an email to serendipitylaw@gmail.com

16 de set de 2017

7 músicas para começar a ouvir Djent

Oie!

Hoje trouxe uma lista de 7 músicas do gêrero Djent. 

Djent Metal, ou Djent, é um "tipo" de metal. Ele é um derivado do Metal Progressivo e foi difundido pelo Fredrik Thordendal, guitarrista do Meshuggah. O Meshuggah é uma banda muito importante para mim e é engraçado como se deu tudo isso. Em várias fases da minha vida eu busquei bandas e músicas que tocavam no meu cérebro. Era como se naquele período, meu cérebro tivesse uma trilha sonora muito específica e que ele não descansaria até eu descobrir uma banda que se assemelhasse com aquilo. Algo interno mesmo, não uma música que eu ouvi em algum lugar e queria saber o nome, era algo que eu tinha completa ciência de que nunca tinha ouvido antes mas eu ansiava para ouvir. E se aquilo não existisse ainda? Bem, sinceramente eu não sei, mas eu tinha a esperança de que eu acharia, custe o que custar.

Num dia desses, eu nem me recordo onde foi (Youtube, Spotify, sei lá) eu acabei conhecendo o Meshuggah e era exatamente aquela música que meu cérebro estava cantando. Fiquei encantada com a sonoridade e a maturidade das letras, o peso do conjunto da obra e o impacto intelectual que ele fazia em mim. Parecia um acorde tocado com maestria e o seu consequente deleite mental. Segundo o wikipédia (claro que não poderia ter saído de mim, sei nada de música) eles ganharam notoriedade pelo uso de passagens polimétricascompassos complexos, andamentos atípicos, riffs angulares com sonoridade dissonanteambientes em acordes dissonantesvocais agressivos e mesmo falados. E as letras são sobre o futuro, consciência, sociedade, psicodelia, o apocalipse e paradoxos. Você deve estar pensando "mas que loucura é essa?"


Meshuggah em si é uma palavra do hebraico e yiddish (é a língua história dos judeus asquenazes) e  significa loucura. Então não espere nada comum e normalzinho dessa banda. E nem das outras que estão listadas aqui. Comecei a ouvir Bleed consecutivas vezes até que depois eu conheci outras bandas que seguiam o Djent como uma religião mentira

Na verdade o Djent é um movimento, não um gênero em sim, tanto que são poucas as pessoas que realmente o conhecem. Não sei se tenho poucos amigos, mas nenhum deles (eu disse nenhum) tinha ouvido falar de Djent antes de eu comentar com eles.


Djent não significa nada, na verdade é uma onomatopeia, assim como a gente fala toin oin oin pra algo em forma espiral. Nem todas essas bandas usam a influência do Djent em todas as músicas (assim como nem todas as músicas de bandas de Hard Rock são puramente Hard Rock) então eu tentei selecionar as que eram mais Djent ao meu ver. E o que é Djent então, além de uma onomatopeia? Esse vídeo explica bem.

Um dos poucos canais brasileiros que já falaram do Djent é o Bonde do Metaleiro ( na verdade, que eu conheça, só ele falou), e essa é uma versão MUITO conhecida em forma de Djent RISOS

E se você ainda não entendeu o que é Djent, te dou mais chances: 




E agora vamos pras músicas <3



Essa música do The Contortionist foi recentemente lançada. A banda é bem atmosférica e calma, então você que nunca gostou de metal pesadão, vocal rasgado, gutural, essa é para você. Começamos bem calmos hehehe



Tesseract é uma das bandas que eu mais gosto na vida. Eles são bem técnicos, tem letras que mexem muito comigo e meu, eu sou muito apegada a eles. Não gosto muito da vez anterior que o Dan era o vocalista, gosto mais ele atualmente. A banda amadureceu bastante nos solos, então me agrada mais. O Ashe O'Hara também mexia muito comigo, ele era mais lírico, a voz dele entra pelo seu ouvido sem provocar incômodo hehe É uma voz linda, uma das minhas vozes masculinas preferidas. Messenger é do album Polaris, e o Dan é o atual vocalista. Ele está com um projeto chamado ZETA, bem Synthpop oitentista que eu adorei. Não sei dizer mas ZETA me lembrou muito o CD Humanoid do Tokio Hotel.



Eu conhecia o Periphery mas eu não tinha parado para ouvir de verdade. Um belo dia desses eu estava procurando vídeos de baixistas e achei esse. Eu confesso que gosto mais do Periphery sem vocalista, pois os solos são INCRÍVEIS, de tirar o ar. Como tenho um apego por contrabaixo, eu devo ter assistido esse vídeo umas 10 vezes em um dia. São bastante técnicos e perceba que o Nolly nem é only bass player, ele aprendeu guitarra antes, então a forma de tocar dele é bem 'guitarristica', repare na pegada dele.



Meu amor maior RISOS. O vídeo é um tanto macabro, estranho, mas é Meshuggah né. Eu sou apaixonada nessas quebras da linha de raciocínio dessa música, e nessa música creio que vocês vão perceber nitidamente essas quebras.Uma obra prima! Recomendo muito que vocês ouçam  Dancers To A Discordant System e Born in Dissonance depois !
(notas de edição: enquanto eu escrevia esse post, eu escrevi born to a dissonance system e dance in discordance...........................)



Eu conheci o Valis Ablaze este ano, e neste mesmo ano eles lançaram o seu primeiro CD. Já tinham material antes mas creio que se lançaram mesmo esse ano. Eu amo cantar Persuasion e me lembra muito um comercial de escola de idiomas que o cara ficava falando persueition  mas a música que mais me abala é Legacy. É quase a trilha sonora da morte do meu pai, ela me caiu como uma luva e a letra e interpretação são um masterpiece.


Sikth é uma outra banda que também faz bom uso da quebra da linha de raciocínio, fazendo isso com a melodia e no tempo. Ouvindo vocês vão notar essas quebras. Eu conheço pouco deles mas acredito que vale muito a pena continuar ouvindo.


Essa é a banda que eu conheço a mais tempo, embora eu ouça pouco. Uma coisa excelente é que um dos melhores guitarristas da atualidade toca nessa banda, o Tosin Abasi. Uma das coisas que me frustra um tanto é não possuir baixista ~sim eu sou mto fãzinha de baixo e esse lack me incomoda~ A banda não possui vocalista, é puro instrumento, sendo duas guitarras e bateria. Não é tão pesada, puxando mais pro lado técnico.


Espero que gostem de cada uma das músicas que selecionei e ouçam um pouco mais :3