5 de out de 2016

Expectativas sociais



Não é aceito pela sociedade caso fuja do padrão. O padrão sempre é exaltado. Sempre.
Mas e a pessoa que é tímida? O que fazer com quem não sorri? Não te olha nos olhos, não tem um aperto de mão firme. Não sabe se comunicar. Fala alto, tem uma voz metálica. Fica de cabeça baixa o tempo todo, evita se pronunciar, se pronuncia sempre.

Eu nem preciso dizer que essas pessoas são sempre alvo de algum tipo de zoação. Por quê?
Padrões.

Eu, embora não seja tímida, não sofro tanto mas ainda sou "vítima" da merda das expectativas que criam sobre mim ou da imagem que criam de mim, o que esperam que eu seja. E depois seguramente serei cobrada pela imagem que você sei lá por que cargas d'água criou de mim.

Eu mudo de humor toda hora. Mudo como vejo as coisas a todo momento, embora mantenha a minha opinião fixa. Olho o lado bom, olho o lado ruim. Como um pisca pisca, o tempo todo. Não consigo olhar pro lado bom sem ver o ruim. Não consigo sofrer pelo ruim sem apreciar o bom.

E como sou vista? Bipolar.

"Nossa mas agora pouco você estava rindo, que cara é essa?"
É A MERDA DA MINHA CARA.

As pessoas esperam que você esteja bem e feliz o tempo todo. Se você diz que tem depressão, as pessoas querem que você se tranque em casa e chore o tempo todo. Elas não conseguem aceitar que pessoas podem ter reações diferentes pra cada coisa.

Um primo meu recentemente perdeu a esposa pro câncer. Uma conhecida se recusou a achar que ele estava sofrendo pois segundo ela, "ele estava online do facebook o dia inteiro postando piadas". Fui na casa dele conversar. Fiquei durante horas e ele não sorria ou sequer conseguia dormir. Estava há semanas sem sono e estava bebendo e fumando muito mais que o convencional. Se levantava toda hora e andava perdido pela casa. Mas ela assegurava que ele já tinha superado, quiçá tivera sofrido pela perda.

Vê como é absurdo você julgar alguém pelo que ela te aparenta? Como é absurdo querer ditar como alguém se sente ou deve se sentir sobre alguma coisa que acontecera?

O sentir é como a brisa, se você não sabe nem como vai se sentir ou agir amanhã, por que cobrar coisas de uma pessoa que você nem sabe o que está passando? Não cobre nada de ninguém. Nem espere nada do sentir eternamente mutável. Respeite o espaço dos outros.

Um comentário:

  1. Poxa, vida, como eu te entendo! E esse julgamento se estende até mesmo ao mundo virtual. Acredito que é meio que impossível fugir dele, porque sempre estamos sendo julgados e fazendo julgamentos (mesmo sem querer) o tempo inteiro. Resta modificar o que incomoda em você mesmo, pra você mesmo, e continuar seguindo em frente. Pelo menos, é o que faço. Nunca agradaremos à todos. Beijão, Carol! <3

    ResponderExcluir

Comente !