9 de ago de 2013

Proposta de redação Miguel Couto/RJ

                                              A justiça brasileira é realmente justa?
Num mundo globalizado e frequentemente chamado de 'história se aproximando cada vez mais dos jetsons',é totalmente inaceitável que tratemos de crimes atuais e que não eram usuais no passado,se tome nota e puna de modos arcaicos e sem aprofundamento psicológico.
Ultimamente, e não é tão difícil de se notar,que armas da justiça são utilizadas como pegadinhas contra a moral do povo brasileiro,que fica refém (e bem inativo,apenas como plateia) de espetáculos de horror e impunidade.
 O Brasil constantemente tenta passar aos outros países que é um país em constante evolução.Porém é desprezível aos seus habitantes que conflitos internos, como corrupção e latrocínio, sejam tratados com panos quentes e os efeitos colaterais que esses causam em familias-vitimas desses abusos sejam jogados debaixo de tapetes, também chamado de impunidade.
É impossível que os menos favorecidos,que em nada são contemplados pela obrigação do Estado de tratar-los como gente.Se houvessem empregos,saneamento básico,e educação de qualidade para todos, os índices de criminalidade diminuiriam e com isso,o judiciário não estaria tão atrofiado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente !