29 de jun de 2013

Divisões da redação

Neste post, mostrarei como eu divido algumas das minhas redações.Claro, só as divido quando sei que o bicho está pegando pro meu lado (em casos mais sérios e drásticos, no caso, numa prova).Mas não sigo a risca o que os gramáticos queridos dizem no meu modo de dividir a redação. Já assumo que nem sempre as divido, isso de propósito, pois acho que em alguns casos se eu fizer formalmente, perderá o sentido,perderá o sentimento e a parte poética.Em alguns casos é necessário ser parnasiana azeda, como meu amado Olavo Bilac era chamado. As vezes é bom ser um sapo cururu, como diz Manoel Bandeira. (no proximo post eu mostro de onde tirei isso). Dou graças a Deus pois sei quando devo falar formalmente e quando posso chutar o balde, pois sempre é bom o poeta fazer isso, não há humano neste mundo que seja sempre o mesmo. Prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opnião formada sobre tudo. Até porque, mudanças sempre são bem vindas. Mas por favor, isso é só a forma como eu faço, se voce ousar a fazer do meu modo, corre um grande risco de tirar zero na prova pois não segue muito bem a forma ideal de se fazer uma redação.MAS VAMOS AO QUE INTERESSA.
Eu divido mais ou menos assim:
  1. Invento um título que tenha a ver com o texto que eu vou escrever,não com o tema, embora o texto se baseie no tema, ponho um título que tenha a ver com a minha abordagem do tema.
  2. Separo em quatro partes o que quero falar, porque geralmente não consigo falar apenas de 3 coisas em uma redação. Isso porque os gramáticos dizem que,quando se faz uma redação,é necessário se separar em introdução, desenvolvimento e conclusão, mas geralmente meu desenvolvimento aborda dois assuntos.Então, dois desenvolvimentos, pode-se dizer.
  3. Escrevo as quatro coisas que vou abordar na redação,dessa forma: o que irei comentar na introdução, o que irei comentar no desenvolvimento 1, o que irei comentar no desenvolvimento 2, algo que eu irei argumentar fortemente para terminar com chave de ouro.
  4. Reviso os tópicos acima para ver se condizem com o tema da redação.
  5. Começo a escrever e tento não passar muito do número determinado de linhas a serem feitas,como 20 linhas o mínimo e 25 o máximo, mas não vá se aproveitando só porque no Enem o mínimo é 7 pra escrever o hino do palmeiras se quer passar pra engenharia como eu,que felizmente que estiver mais bem preparado vai passar na sua frente :)
  6. Releio tudo o que eu escrevi e vejo se não posso trocar algumas palavras por outras mais formais 
  7. FIM :D
E aí, como vocês fazem a de vocês? Igual a minha, seguem a risca os gramáticos, não sabem como fazer??

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente !